TRAGÉDIA EM SANTA MARIA/RS - JUVENTUDE EVANGÉLICA LUTERANA - IECLB

“O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará” (Salmo 23)

Como jovens luteranos, queremos demonstrar nossa comoção pelo acontecido na boate Kiss, em Santa Maria/RS. Pelo que se sabe nenhum jovem participante de grupos de JE estava na festa. Mas, mesmo assim, 243 pessoas acabaram falecendo e deixaram famílias inconsoláveis e abaladas. Cabe a nós apenas orar para que a identificação dos corpos aconteça de forma rápida e pedir a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos.

Talvez, o que mais machuque a todos é pensar que esta tragédia poderia ter sido evitada. Falta de segurança, extrapolação da capacidade do local e irresponsabilidade por conta dos proprietários foram pontos determinantes para o ocorrido. Investir, em saídas de emergência, por exemplo, é sempre necessário e não só visar o lucro. Infelizmente, vivemos nessa sociedade capitalista e precisamos que dramas como esse aconteçam para que a população reflita.

Não nos esqueçamos do que aconteceu hoje no Rio Grande do Sul e vamos prestar auxílio às famílias que ficaram, para que todas possam seguir em frente. Muitos hospitais estão organizando campanhas de doação de sangue específicas para enviar a Santa Maria. Também precisa-se de água, luvas, papel higiênico, álcool gel, luvas de procedimento cirúrgico, máscaras e medicamentos. Informe-se para poder ajudar. E não nos esqueçamos do poder da oração: existem pessoas que precisam dos nossos pensamentos e da atenção de Deus, neste momento.



Juventude Evangélica - IECLB

Tragédia em Santa Maria-RS (IECLB)

Palavra da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Santa Maria-RS (IECLB)


“Entrega teus caminhos ao Senhor, confia Nele e o mais Ele fará”. (Sl 37.5)

Estas palavras do salmista nos exortam a colocar nas mãos de Deus a nossa vida como um todo, em confiança. É palavra que quer servir de apoio e consolo diante da tragédia que se abateu sobre Santa Maria na madrugada deste domingo. Quem de nós seria capaz de imaginar que um acontecimento desses poderia ser presenciado por nós, em nossa cidade! É extremamente doloroso saber que tantos jovens tiveram sua vida ceifada dessa forma e tão cedo.

O momento é de muita dor e questionamentos. Estamos, como moradores de Santa Maria, angustiados. Porém, não é possível fazer especulações a respeito de culpados, a fim de evitar equívocos e cometer erros graves de julgamento. O certo é que precisamos estar atentos quanto à integridade dos locais que frequentamos, para que a nossa integridade não venha a ser abalada. Mas nem por isso vamos desmerecer as iniciativas que existem de promover eventos que possibilitem aos nossos jovens diversão nos finais de semana. Fatalidades acontecem, mas também podem ser prevenidas.

Como Igreja Evangélica de Confissão Luterana, Comunidade de Santa Maria, queremos expressar todo o nosso sentimento, toda a nossa consternação pelo ocorrido. Sabemos que o momento é de muita dor, mas é também um momento no qual somos convidados a confiar no Deus da vida e depositar tudo em suas mãos, certos de que Ele proverá o que precisamos. Nos colocamos ao lado dos familiares das vitimas e rogamos que Deus fortaleça a todos e permita refazer a caminhada, levando consigo as lembranças do tempo compartilhado.

Que a bênção de Deus esteja com toda a nossa população e fortaleça a nossa caminhada.

Pastor Reinoldo Gluck Neumann
(Fonte: Portal Luteranos – www.luteranos.com.br)

Ser, Participar, Testemunhar: Eu vivo comunidade.


Ser, Participar, Testemunhar. Eu vivo comunidade. Este é o Tema da IECLB para o ano de 2013. Este tema nos acompanha em nossas reflexões e estudos. Ele é iluminado pelo Lema bíblico “Eu sou o seu Deus. Eu lhes dou forças, ajudo e protejo com a minha forte mão” (Isaías 41.10).

Conhecemos o ritmo acelerado da vida moderna. Parece que cada novo dia exige mais tempo de nós e impõe mais tarefas. Corremos cada vez mais! Cresce a sensação de chegarmos atrasados.

Esse ritmo prejudica a saúde, vai esfriando relações de amizade, coloca-nos no isolamento e aumenta o estresse. Em termos de vida de fé, faz crescer a sensação de vazio. Porém, tudo isso pode ser diferente! Repito: tudo isso pode ser diferente!

O primeiro verbo do nosso Tema do Ano é SER. Significa que, para Deus, eu sou. Você é! Como criaturas de Deus, você e eu somos pessoas justificadas por graça e fé, através de Jesus Cristo. Nessa condição, somos livres para pensar, discernir e agir.

O segundo verbo do Tema do Ano é PARTICIPAR. O Tema do Ano ajuda a perguntar pela experiência de ser pessoa cristã na comunidade; pergunta pelo meu lugar na Comunidade; pelo cuidado da comunidade para comigo; pelo meu cuidado para com os meus irmãos e as minhas irmãs na comunidade; pergunta pela minha relação com Deus na vida em comunidade.

Ao ser membro de uma comunidade cristã, eu sei que não estou sozinho. Eu sou e eu participo e isso não acontece por mérito nosso. Isso nos é dado por Deus. Ele é que nos reúne, está conosco e nos acompanha na jornada da vida.

Esse lugar que Deus providenciou para cada pessoa no seio da comunidade cristã não tem um fim em si mesmo nem a comunidade pode voltar-se para o seu próprio umbigo, por isso a importância do terceiro verbo do Tema do Ano: TESTEMUNHAR.

Cada uma e cada um de nós é testemunha do Evangelho no mundo. Somos filhas e filhos de Deus, chamados para ser luz no mundo. Somos testemunhas do amor e da paz de Deus na sociedade. Deus é que nos motiva a ser, participar e testemunhar. Por isso ele afirma: “Eu sou o seu Deus. Eu lhes dou forças, ajudo e protejo com a minha forte mão” (Isaías 41.10).

Nessa comunhão e com essa luz no horizonte, no decorrer deste ano litúrgico, caminhemos e reflitamos sobre o tema Ser, Participar, Testemunhar: Eu Vivo Comunidade.

(Texto adaptado de: www.luteranos.com - P. NESTOR FRIEDRICH)


Marcelo Peter

Liturgia do Culto Comunitário

Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
Tempo após Epifania – Batismo de Nosso Senhor
 Prelúdio

Acolhida
Ministro/a: “Depois que Jesus foi batizado, ouviu-se uma voz dos céus: Tu és o meu filho amado, em ti me comprazo.” (Marcos 1.11). Com estas palavras bíblicas saúdo-vos cordialmente neste culto. Irmanados na mesma fé e esperança iniciemos louvando e enaltecendo ao nosso bom Deus cantando:

Hino:         .Quando o Espírito de Deus soprou (Nº 437 Hinos do Povo de Deus).

Invocação
Ministro/a: Unidos aqui neste culto, queremos celebrar em comunhão e união, em nome de Deus, o Pai,  e o Filho e o Espírito Santo (+).
Comunidade: Amém.
Ministro/a: O nosso socorro vem do Senhor,
Comunidade: Que fez o céu e a terra.

TODOS: :.Envia Teu Espírito, Senhor, e renova a face da terra.: (367 HPD)

Confissão de Pecados
Ministro/a: Diante deste Deus, Criador e Mantenedor da vida, queremos nos achegar neste momento com humildade e fé, para ouvir a Palavra que nos alimenta e nos revigora. Para isso, vamos, em conjunto, abrir os nossos corações; confessar os nossos pecados a Deus e pedir lhe o perdão em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, confessai e dizei comigo:
Todos: Eu, pobre ser pecador, confesso a ti, todo-poderoso Deus, meu Criador e Salvador, que não somente pequei por pensamentos, palavras e obras, e, sim, fui concebido e nascido em pecado, de modo que a minha natureza inteira e todo o meu ser são culpados e condenáveis perante a tua justiça. Por isso, abrigo-me à tua insondável misericórdia e procuro o teu perdão, dizendo: Ó Deus, tem compaixão de mim, pobre pessoa pecadora.
Ministro/a: Todo poderoso Deus, tenha piedade de nós, ouve os nossos clamores, perdoa os nossos pecados e nos conduza à vida eterna, por Teu Filho Jesus Cristo, Nosso Senhor.
Comunidade: Amém.

Absolvição
Ministro/a: O onipotente e misericordioso Deus teve compaixão de nós. Ele entregou, por nós, seu Filho unigênito à morte, e, por amor dele, perdoou-nos todos os pecados; deu, também, a todas as pessoas que crêem em o nome dele, poder de tornarem-se filhos e filhas de Deus, e prometeu-lhes o seu Espírito Santo. Eis que o perdão vem de Deus, o Pai e o Filho e o Espírito Santo (+).
Comunidade: Amém.
Ministro/a: O trino Deus nos dê a graça de celebrar este culto com corações e lábios puros, por amor do seu santo nome.
Comunidade: Amém.
TODOS: :.Louvemos todos juntos o nome do Senhor.: (HPD 349)

Intróito (Salmo 29)
Ministro/a: Tributai ao Senhor, filhos de Deus,
Comunidade: Tributai ao Senhor glória e força.
Ministro/a: Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome,
Comunidade: adorai o Senhor na beleza da santidade.
Ministro/a: A voz do Senhor é poderosa;
Comunidade: a voz do Senhor é cheia de majestade.
Ministro/a: O Senhor dá força ao seu povo,
Comunidade: o Senhor abençoa com paz o seu povo.

Gloria Patri
Ministro/a: Glória seja ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo,
Comunidade: como no princípio, agora e sempre, pelos séculos dos séculos! Amém.

Kyrie eleison
Ministro/a: Kyrie eleison!
Comunidade: Senhor, tem compaixão de nós.
Ministro/a: Senhor, tem compaixão!
Comunidade: Senhor, tem compaixão de nós e de todos os que sofrem.
TODOS: Pelas dores deste mundo, ó Senhor, imploramos piedade. A um só tempo geme a criação. Teus ouvidos se inclinem ao clamor desta gente oprimida. Apressa-te com tua Salvação! A tua paz, bendita e irmanada com a justiça. Abrace o mundo inteiro. Tem compaixão! O teu poder, sustente o testemunho do teu povo. Teu Reino venha a nós! Kyrie eleison! (Coleção Miriã)

Gloria in Excelsis
Ministro/a: Glória a Deus nas alturas!
Comunidade: E na terra paz às pessoas a quem ele quer bem!
TODOS: Glória, glória, glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós. (HPD 346)

Oração do Dia
Ministro/a: Vamos, agora, em oração, pedir a Deus que nos agracie com sua divina presença e nos conceda, ao ouvir sua Palavra, o desejo de vivenciar a nossa fé. Oremos:
Ministro/a: Santo e amado Deus, tu cuidas de nós como um pai e uma mãe cuidam de seus filhos. Quando clamamos, tu nos atendes. Quando pecamos, ao buscar com sinceridade o teu perdão, tu nos perdoas. Quando estamos em aflição, tu nos acolhes. Quando nos alegramos, tu nos permites aclamá-lo. Neste momento, chegamos a ti em oração e pedimos: ilumina-nos com tua Palavra e concede-nos o teu Santo Espírito, para que sejamos terra fértil, onde teus ensinamentos possam firmar raízes, germinar e produzir frutos de paz, de obediência, de amor, de vida e de compromisso contigo e com tua Santa Igreja.
Comunidade: Em nome de Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo, um só e verdadeiro Deus, vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

Hino: .Deus sempre me ama (Nº 209 HPD).

1ª Leitura: (Antigo Testamento: Isaías 43. 1-7)
Comunidade: É como a chuva que lava, é como o fogo que arrasa. Tua palavra é assim, não passa por mim sem deixar um sinal. (Em Tua Casa)

2ª Leitura: (Epístola: Atos 8. 14-17)  
Comunidade: ♪ Pela Palavra de Deus saberemos por onde andar. Ela é luz e verdade; precisamos acreditar! (HPD 381)

ACLAMAÇÃO DO EVANGELHO
Ministro/a: (de pé) Aclamemos a Leitura do Santo Evangelho cantando: aleluia!
TODOS: ♪  /: Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! :/  (ETC)
Ministro/a: O Senhor seja convosco!
Comunidade: E com teu espírito!
Ministro/a: Proclamação do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, conforme o Evangelista Lucas 3.15-17, 21-22
Ministro/a: Palavra do Senhor.
Comunidade: Louvado sejas, Cristo! (ETC)

Prédica

Confissão de Fé (Credo Apostólico)

Hino (recolhimento das ofertas): .Damos graças ao Senhor (Nº 239 HPD).

Avisos:

Hino: .Obrigado Pai Celeste (Nº 286 HPD).

Oração Geral da Igreja
Ministro/a: Queremos, agora, após tocados pela Palavra de Deus, nos colocar em oração, trazendo nossa gratidão pelas dádivas recebidas, lembrando todas as alegrias e conquistas. Também neste momento, queremos colocar nas mãos de Deus todo o nosso futuro e as nossas preocupações. Vamos, num gesto de humildade e união, juntar as nossas mãos, fechar nossos olhos e orar a Deus agradecendo e intercedendo. Oremos:
Ministro/a: Onipotente a grandioso Deus, a tua Palavra orienta nossa vida de fé. Tu nos dizes: “Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso.” Somos gratos, Senhor, por tua bondade e por tua Palavra que nos convida a seguir-te com perseverança. São tantas as vezes que tu, ó Deus, nos acolhes nas horas de dor e sofrimento, e nós sequer percebemos tua presença. Graças Te damos Senhor, por sermos aceitos por Ti mesmo havendo em nós a marca do pecado. Obrigado por nos concederes tua bênção e proteção, teu amparo e tua força. Graças te rendemos por todas as dádivas que tu nos dás: o pão de cada dia, a família, o lar, o trabalho, as amizades, a vida em comunidade e tudo o mais que precisamos para viver.
Senhor Deus, Lembra-te da Tua Santa Igreja presente no mundo inteiro. Pedimos de modo especial que olhes pela IECLB, Igreja na qual somos membros. Olha, Senhor, por cada Sínodo, paróquia e comunidade. Também te pedimos, Senhor nosso, que zeles por cada família, para que também ali, dentro do lar, pais e mães sejam bons exemplos para seus filhos/as. Que haja sempre bom entendimento, diálogo, paz, compreensão, carinho, respeito e amor. Queiras Deus, em tua infinita bondade, olhar por todas aquelas pessoas que não vivem com sinceridade a fé cristã ou que vivem afastadas do convívio da comunidade, estragando, muitas vezes, sua vida e sua saúde com vícios, drogas, prostituição e roubos. Que a mensagem de paz revelada em Jesus Cristo, através de nós, chegue também a estas pessoas. Senhor Deus, estejas também com as pessoas que estão sofrendo por causa da dor do luto; estejas ao lado das pessoas acamadas e adoentadas, fazendo com que possam viver na fé, na esperança e no amor.
    Santo Deus, ouça todos estes pedidos e agradecimentos. Ouve em especial também, cada pedido que trazemos em nossos corações. Por isso, confiantes na tua graça e dispostos a viver a fé cristã com palavras e ações, nos unimos a uma só voz na oração que Cristo nos ensinou:
TODOS: Pai nosso...

Bênção e Envio
Ministro/a: Jesus Cristo nos chama a sermos seus seguidores e a testemunharmos a nossa fé onde quer que estejamos. Portanto:
Ministro/a: ♪ Abençoe-vos o Deus, todo-poderoso, Pai, Filho Espírito Santo (+).
Comunidade: ♪ Amém.
Ministro/a: ♪ Ide em paz, ide em paz, oh meus irmãos, e anunciai ao mundo inteiro que o Senhor é amor.
Comunidade: Demos graças a Deus. (HPD 378)

Poslúdio

Marcelo Peter